General Goals

Pretende-se com este projecto conseguir um dicionário que, além de guardar e perpetuar a riqueza lexical do minderico (facilitando assim o seu ensino e aprendizagem; ensino esse que já se efectua na E.B. 2/3 de Minde, também sob a tutela do CIDLeS), congregará um conjunto de informações que o afasta dos demais dicionários, tornando-o desta forma um corpus de base para diversos estudos não só nas diferentes áreas da linguística mas também das outras ciências sociais. Destacamos por isso os seguintes objectivos gerais:

  • Documentar, também em formato multimédia, e analisar o léxico minderico, contribuindo assim para o seu fortalecimento no dia-a-dia da comunidade de falantes, para a sua revitalização (deixando um registo actual, de base histórica, para as gerações vindouras) e para a sua divulgação a nível nacional e internacional.
  • Criar um corpus linguístico anotado do minderico que possibilite futuros trabalhos académicos de investigação na área.

Specific Goals

  • Recolher o maior número de lexemas mindericos, representativo do estado da língua a nível sincrónico e diacrónico, com base nos trabalhos já efectuados pelo CIDLeS, nos glossários existentes, em todas as publicações em minderico conhecidas até à data e nas entrevistas (livres e com estímulo) efectuadas para a inventariação – mesmo sabendo que, sendo o minderico uma língua viva, o trabalho de inventariação lexical nunca estará inteiramente concluído.
  • Enquadrar cada lexema no seu contexto sócio-cultural (“história da palavra”), sempre que isso se aplique, recorrendo para tal a fontes históricas, geográficas, biográficas e à narração de informantes, marcando sempre a fonte do primeiro registo da palavra.
  • Analisar cada lexema etimologicamente da forma mais aprofundada e detalhada possível, recorrendo para isso a processos de evolução semântica e morfossintáctica mas também a fontes linguísticas e históricas que fundamentem essa evolução, marcando sempre as respectivas fontes e períodos temporais.
  • Criar registos videográficos e fotográficos que complementarão as entradas do dicionário na versão multimédia, nomeadamente com exemplos de uso real contextualizado, com a exemplificação fotográfica de objectos/utensílios/pessoas, sempre que se aplique.
  • Criar registos fonográficos de cada lexema, através do recurso a gravação áudio não comprimida (PCM Linear), condição necessária para a análise fonética a incluir. Além da transcrição fonética com recurso ao Alfabeto Fonético Internacional (IPA), o registo fonográfico vai permitir ao utilizador do dicionário ouvir o lexema em causa na sua pronúncia real.
  • Criar um corpus de dados linguísticos primários, devidamente anotado e documentado com metadados.
  • Criar um dicionário interactivo e multimédia que reúna numa obra só informações linguísticas (semânticas, fonéticas, morfossintácticas, pragmáticas e etimológicas), sócio-culturais e históricas acerca do minderico e dos seus falantes.
  • Envolver a comunidade em cada etapa de elaboração do dicionário, trabalhando sempre em conjunto com os informantes e incentivando desta forma o uso mais regular da língua no dia-a-dia da comunidade.
  • Criar um dicionário que possa ser usado posteriormente como material básico nas aulas de minderico para crianças na E.B. 2/3 de Minde e para adultos no Centro de Artes e Ofícios Roque Gameiro, mas também como material complementar das aulas de história das escolas do concelho em particular e das escolas nacionais em geral. Neste sentido trabalhar-se-á directamente com o Agrupamento de Escolas de Alcanena.
  • Cativar o interesse da geração mais jovem para o minderico, aliando-o às novas tecnologias multimédia.
  • Divulgar o minderico no público em geral e na comunidade científica em particular, tanto a nível nacional como internacional, com o objectivo de consciencializar para a necessidade do seu reconhecimento e preservação, por exemplo através das apresentações públicas do dicionário, de palestras, workshops, conferências e da internet.
  • Divulgar a arte plástica minderica através do trabalho original da capa do dicionário para o qual foi contactado um pintor minderico (Rui Men) para a desenhar que aceitou de imediato. Da capa será ainda feito um quadro que será leiloado no dia da apresentação pública do dicionário no final do projecto. Os lucros reverterão a favor de futuros trabalhos do CIDLeS para o estudo e revitalização do minderico.
  • Fomentar o uso do minderico como elemento de interesse turístico da região.
  • Incutir o respeito pela diferença e diversidade linguística e cultural.

Target Audience

É importante distinguir dois tipos de público-alvo neste projecto. Por um lado, o dicionário está a ser em primeiro lugar concebido para a comunidade de falantes de minderico (de todas as idades, mas com principal destaque para a geração mais jovem), mas também para todas as pessoas que se interessam pela diversidade linguística e cultural em Portugal, na Europa e no mundo; por outro, para a comunidade científica, mais concretamente para linguistas (principalmente da área da linguística documentacional), tipólogos, antropólogos, etnólogos, sociólogos e historiadores.

CIDLeS Homepage

Support Us

CIDLeS on Facebook: cidles.eu/fb